59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

AVALIAÇÃO DOS DESFECHOS PERINATAIS ADVERSOS RELACIONADOS A OBESIDADE MATERNA PRÉVIA E GANHO DE PESO EXCESSIVO NA GESTAÇÃO

OBJETIVO

Avaliar os desfechos perinatais adversos relacionados a obesidade prévia e o ganho de peso excessivo materno.

MÉTODOS

Trata-se de um estudo analítico e transversal, no período de agosto a dezembro de 2020. A amostra foi composta por puérperas com 18 anos ou mais. Os desfechos primários avaliados foram, via de parto, Diabetes Mellitus Gestacional (DMG), Doença Hipertensiva da Gestação (DHEG) e recém nascidos Grandes para Idade Gestacional (GIG). As puérperas foram divididas em quatro grupos, no que se refere a obesidade pré gestacional (Índice de Massa Corporal ≥30) e o ganho de peso excessivo na gestação. No cálculo de razão de chance (RC), utilizou-se o intervalo de confiança (IC) de 95%, ajustando-se aos fatores de confusão. Para o cálculo estatístico foi utilizado o SPSS versão 21.0 e a razão de chance por Regressão Logística Nominal.

RESULTADOS

As puérperas foram classificadas em Grupo 1 controle - não obesas com ganho de peso não excessivo (n=767/45,9%), Grupo 2 - obesas com ganho de peso não excessivo (n=192/11,5%), Grupo 3 - não obesas com ganho de peso excessivo (n=521/31,2%) e Grupo 4 - obesas com ganho de peso excessivo (n=190/11,3%). Observou-se que a via de parto não sofreu influência dos parâmetros analisados. As chances foram significativas de DMG nos grupos 2 com RC 3,5 (IC95% 2,5-5,1) e 4 com RC 1,9 (IC95% 1,3-2,9), de DHEG com RC 2,1 (IC 95% 1,2 -3,7), RC 1,9 (IC95% 1,2-3,0), RC 3,6 (IC95% 2,2-5,9) e recém nascidos GIG com RC 1,9 (IC95% 1,2-3,1), RC 2,5 (IC95% 1,8-3,5) e RC 2,4 (IC95% 1,6-3,8), nos grupos 2, 3 e 4 respectivamente.

CONCLUSÕES

A via de parto não foi influenciada pela obesidade ou ganho de peso excessivo. A chance de DMG foi maior nos grupos 2 e 4, enquanto DHEG e recém nascido GIG foram maiores nos três grupos analisados.

PALAVRA CHAVE

Obesidade materna, ganho de peso excessivo na gestação,desfechos perinatais

Área

OBSTETRÍCIA - Gestação de Alto Risco

Autores

Antonia Aparecida Deluca Oliveira, Rodrigo Ribeiro Silva, Tassiana Cristina Martins Grabovski, Carla Christina Renzo, Leonardo Souza Carvalho, Jean Carl Silva

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo