59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

O ensino da assistência ao parto vaginal em cenário de simulação utilizando vídeo 360º

OBJETIVO

Criar um vídeo 360° da simulação da assistência ao parto vaginal e verificar a opinião dos alunos de graduação em medicina sobre o impacto dessa tecnologia no aprendizado.

MÉTODOS

Pesquisa prospectiva, do tipo aplicada, sem randomização, de desenvolvimento de material didático, abordando a assistência ao parto vaginal. O cenário é o Centro de Parto Normal e o procedimento simulado usou o manequim Noelle S575. O vídeo foi gravado com câmera 360º (Samsung Gear 360) no laboratório de simulação, em sala de simulação da assistência ao parto, com duração de 8 minutos. Foram convidados alunos do 5° ano de graduação em medicina a assistirem o vídeo e preencherem o formulário on-line. O vídeo foi carregado no YouTube com acesso privado e o link foi disponibilizado, no início do estágio de Ginecologia e Obstetrícia. Após assistirem ao vídeo 360°, os participantes tiveram acesso ao TCLE e responderam ao questionário, com perguntas sobre aspectos técnicos, a percepção dos procedimentos e seu interesse geral. Os itens foram pontuados em escala Likert de 5 pontos (discordo plenamente a concordo plenamente). O projeto foi aprovado pelo CEP (CAAE 35541020.0.0000.5505). O tamanho amostral teve como base: alfa de 0,05, beta de 0,20, hipótese nula de 60% e proporção esperada de 80%, e o número mínimo necessário é de 43 alunos; e a análise incluiu frequências absolutas e relativas.

RESULTADOS

Foram convidados 55 participantes, 9(16%) não aceitaram e 46 responderam ao questionário. A média da idade foi de 24,3 anos (DP 2,5). Sobre o acesso ao vídeo, 24(52%) utilizaram o celular, 34(74%) alunos concordaram plenamente que a visualização foi adequada e 39(85%) que o áudio permitiu boa compreensão. Sobre a navegação em ambiente 360°, 31(67%) alunos concordaram plenamente que a navegação atendeu às expectativas; 40(87%) que a disponibilização pelo YouTube foi adequada, 39(85%) que o vídeo auxiliará no aprendizado, e 28(61%) que o vídeo aumentou o interesse na assistência ao parto. Em relação ao tema, 22(48%) alunos concordaram plenamente que o vídeo aumentou o interesse pela área da obstetrícia.

CONCLUSÕES

Pode-se concluir que o vídeo 360° é facilmente acessado pelos alunos, utilizando-se as mídias digitas atuais, e o aparelho celular foi o equipamento mais utilizado. O vídeo 360° estimulou o interesse do aluno pela temática da obstetrícia e demonstrou vantagens, pelas percepções relatadas, principalmente no contexto da educação médica em ambiente remoto.

PALAVRA CHAVE

Vídeo 360°; Treinamento por simulação; Ensino; Obstetrícia; Parto; Parto obstétrico.

Área

OBSTETRÍCIA - Ensino, Treinamento e Avaliação

Autores

Ana Beatriz Ramos Antiqueira, Livia Helena Gonçalves Mitsui, Eduardo Moreira Nader, Roseli Mieko Yamamoto Nomura

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo