59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

ANÁLISE DO NÚMERO DE CESÁREAS EM UM HOSPITAL DE CURITIBA APÓS APROVAÇÃO DA LEI NO ESTADO DO PARANÁ

OBJETIVO

Avaliar a repercussão do número de cesáreas após a implementação da Lei 20127 de 15/01/2020 e o impacto nos custos para o SUS.

MÉTODOS

Estudo transversal, com coleta retrospectiva de dados em prontuários de 331 gestantes que realizaram cesárea eletiva entre janeiro e setembro do ano de 2020, após a implementação da Lei, em um Hospital público de Curitiba, obtidas por meio de uma amostra de conveniência. Para fins de comparação de dados, realizou-se a coleta dos nascimentos (valor numérico) desse mesmo período nos anos de 2018, 2019 e 2020. A análise estatística realizada foi através do teste de proporção, esta considerada ⅓ a cada ano, e adotando-se significância de alfa = 5%.

RESULTADOS

Foi observado, por meio da comparação de nascimentos dos 3 anos, um aumento de 47,18% no número de cesarianas de 2018 a 2020 e de 26,32% ao comparar 2019 e 2020, apresentando p<0,001, ao passo que os partos via vaginal diminuíram 18,6% entre esses mesmos anos. Foram identificados, em 2020, 331 partos cesarianos, sendo 131 (39,6%) partos cesarianos a pedido materno e 200 (60,4%) cesarianas com indicação médica - estão incluídas aqui as cesarianas realizadas por motivos fetais ou motivos maternos. O custo excedente ao SUS calculado foi de R$7743,99, já o custo excedente hospitalar foi de R$32.305,71.

CONCLUSÕES

Após a implementação da Lei, houve um aumento significativo no número de cesáreas e, por consequência, do custo ao SUS. Faz-se necessário refletir sobre a importância da boa gestão dos recursos do SUS, que são limitados, em vista das diversas demandas existentes. Além disso, deve-se atentar aos possíveis riscos do ato cirúrgico e prezar por indicá-lo apenas quando for imprescindível para reduzir a morbimortalidade materna e fetal.

PALAVRA CHAVE

Parto Cesáreo; Lei 20.127; Gestão em Saúde

Área

OBSTETRÍCIA - Epidemiologia

Autores

Jan Pawel Andrade Pachnicki, Laura Edla Ronau Hadlich, Paula Haus de Oliveira, Natália Albano Wendramin, Rosangela Ramirez Taborda, Somaia Reda

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo