59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

Diagnóstico precoce de Situs Inversus Totalis em Gestação de alto risco: relato de caso.

CONTEXTO

O situs inversus totalis com dextrocardia é uma rara condição congênita, que ocorre por defeito na rotação das vísceras e por anomalia no posicionamento do coração, que se move mais para a direita durante a embriogênese, criando uma imagem em espelho. Consiste em uma doença autossômica recessiva com uma incidência de 1:10.000, sem predileção por sexo. Apesar dessa condição não gerar danos à saúde, o diagnóstico precoce dessa condição é fundamental a fim de evitar complicações futuras em relação a certas complicações, principalmente às que necessitam de intervenções cirúrgicas.

DESCRIÇÃO DO(S) CASO(S) ou da SÉRIE DE CASOS

J.S.B, 31 anos, gesta 4 para 2 partos normais e 1 aborto espontâneo. Portadora de obesidade grau 3, hipertensão arterial crônica, diabetes gestacional mal controlada e hipovitaminose D. Estudo fetal com evidência de situs inversus totalis com cardiopatia complexa, sugerindo isomerismo cardíaco esquerdo, peso fetal estimado de 1831 g (percentil 33,4), bradicardia fetal, polidramnia, doppler de artéria umbilical normal.
Internada com 32 semanas e 1 dia para interrupção da gestação por sofrimento fetal agudo e realizada cesariana com recém nascido sexo masculino, pesando 1780g, apgar 4/6 em 28/06/2021. Ultrassonografia transfontanela ao nascimento com hipertensão intracraniana grau 1 e abdominal com fígado à esquerda, baço à direita, pâncreas e grandes vasos de difícil avaliação por interposição gasosa. Ecocardiograma Transtorácico confirmando situs inversus, conexão ventrículo-arterial tipo dupla via de saída, com vasos mal posicionados, aorta anterior e pulmonar posterior. Septo interatrial com forame oval patente, com ‘’shunt’’ bidirecional, septo interventricular com ampla comunicação interventricular de via de saída com ‘’shunt’’ bidirecional.

COMENTÁRIOS

Situs inversus totalis com dextrocardia por si só não representa uma condição grave, fato confirmado pela expectativa de vida similar à da população em geral. O diagnóstico geralmente é acidental e pode, também, ser feito através de uma boa anamnese, exame físico e exames complementares. É fundamental o conhecimento dessa anomalia a fim de evitar possíveis complicações por não conhecimento adequado da anatomia.

PALAVRA CHAVE

Situs Inversus Totalis, Dextrocardia, Gestação de Alto Risco

Área

OBSTETRÍCIA - Gestação de Alto Risco

Autores

Anna Terra de Melo, Bianca de Avila Lima, Margareth Chiharu Iwata da Fonseca, Carolina Carvalho Mocarzel, Juliana Silva Esteves, Teresinha Maria Figueira Guerreiro, Mônica Breta Motta, Annita Martins Rocha Torres

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo