59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

Concurso Boas Práticas: residentes como protagonistas na formação da sua identidade profissional

CONTEXTO

Em 1990 George Muller estabeleceu uma estrutura piramidal de quatro níveis para orientar a avaliação das competências clínicas dos médicos e estudantes de Medicina, na qual cada nível representa uma etapa da aquisição das competências. Em 2015 a pirâmide foi revisada e a ela adicionada um quinto nível, o “SER”, relativo à identidade profissional do médico. O residente é ao mesmo tempo estudante e trabalhador da saúde. Estudo sobre a percepção dos residentes acerca da formação do especialista aponta a capacidade de identificar demandas do ambiente laboral e mobilizar-se para resolvê-las como uma das estratégias para lidar com o estresse no ambiente de trabalho.

DESCRIÇÃO DO(S) CASO(S) ou da SÉRIE DE CASOS

Em janeiro de 2021 foi lançado o concurso “Boas Práticas”. Trata-se de um concurso de ideias, com o objetivo geral de contribuir para a aquisição de competências relacionadas ao profissionalismo. Os objetivos específicos foram identificar e implementar atividades com potencial para qualificação dos serviços prestados às usuárias de uma maternidade pública. O concurso foi dirigido a residentes de Ginecologia e Obstetrícia do primeiro ao terceiro anos. Os critérios para premiação foram: relevância da questão apresentada, potenciais benefícios e condições de aplicabilidade das ideias. O prêmio para o vencedor do concurso foi um livro de ultrassonografia obstétrica. Foram inscritos dois trabalhos, enviados sem identificação à comissão julgadora, formada pela chefia do serviço e dois docentes. A premiação foi realizada em março de 2021. O trabalho vencedor trouxe uma ideia para reorganização dos prontuários médicos, visando maior agilidade, economia de recursos e segurança para os registros. O segundo trabalho foi dirigido à saúde mental, trazendo como proposta a implementação de práticas de meditação para trabalhadores e usuários da maternidade. Apesar do edital do concurso ter previsto um único vencedor, as duas ideias foram consideradas relevantes e implementadas.

COMENTÁRIOS

O concurso Boas Práticas teve como objetivo contribuir para a aquisição de competências relacionadas ao profissionalismo. Dar voz aos residentes, acolher e valorizar as suas contribuições podem ampliar a percepção da relevância de todos e de cada membro da equipe de saúde. Além disso, visa o fomento à formação de especialistas com capacidade crítica e reflexiva. O concurso ganhou ampla divulgação, foi bem recebido pela comunidade acadêmica e deverá ser mantido em caráter anual.

PALAVRA CHAVE

Residência Médica, Profissionalismo

Área

OBSTETRÍCIA - Ensino, Treinamento e Avaliação

Autores

Mônica Gomes Almeida, Luciano Antônio Marcolino, Cristiane Alves Oliveira, Sarah Souza Almeida, Julianne Carvalho Dias Gaudio, Renato Augusto Moreira Sá

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo