59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

ENDOMETRIOSE VESICAL NO DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE SINTOMAS DO TRATO URINÁRIO INFERIOR

CONTEXTO

Endometriose é definida pela presença de glândulas e estroma endometrial fora da cavidade uterina e, em aproximadamente 3% dos casos, pode acometer o sistema urinário inferior. Frequentemente os sintomas são similares com os de infecções urinárias do trato urinário inferior, logo é relevante o diagnóstico diferencial de endometriose vesical. A importância do estudo é avaliar apresentação clínica, diagnóstica e terapêutica de uma série de casos de endometriose vesical.

DESCRIÇÃO DO(S) CASO(S) ou da SÉRIE DE CASOS

Em uma análise retrospectiva identificamos 9 pacientes com diagnóstico de endometriose vesical, que foram tratadas no Serviço de Urologia do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre desde 1994. Avaliaram-se características demográficas, apresentação clínica, achados endoscópicos e a terapêutica empregada. A idade média das pacientes foi de 30,7 anos (desvio padrão 7,7 anos). Os sintomas mais comuns foram frequência urinária em 6 (66,6%) e hematúria em 7 (77,7%) pacientes. 6 (66,6%) pacientes já haviam sido diagnosticadas previamente em outros Serviços e o diagnóstico de endometriose vesical foi confirmado com análise histológica em biópsias obtidas por cistoscopia em 8 (88,8%) e peça cirúrgica em 1 (11,1%) paciente. Tratamento hormonal foi oferecido como primeira linha em 9 (100%) pacientes, com progesterona em 1 (11,1%), ooforectomia bilateral em 1 (11,1%) e análogos do GnRH em 7 (77,7%) pacientes. Após a falha do tratamento clínico 3 (33,3%) pacientes foram submetidas a cistectomia parcial e 1 (11,1%) a cistectomia radical para controlar sintomas e tratar a lesão. No presente momento todas as pacientes estão assintomáticas do ponto de vista urológico, entretanto, 6 (66,6%) pacientes possuem sintomas moderados relacionados a endometriose peritoneal ou infertilidade.

COMENTÁRIOS

A endometriose vesical é uma afecção incomum, benigna, mas com taxa de morbidade significativa, por este motivo a importância da análise dos casos. O diagnóstico diferencial com outras afecções vesicais que causam hematúria, sintomas irritativos do trato urinário inferior e dor pélvica, é de fundamental importância para a definição terapêutica apropriada.

PALAVRA CHAVE

Endometriose, Hematúria, Sintomas do Trato Urinário Inferior

Área

GINECOLOGIA - Endometriose

Autores

Victória Schacker, Leonardo Mussoi, Henrique Py Laste, Ernani Luis Rhoden, Alexandre Fornari

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo