59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

Análise do papel da atenção primária à saúde no combate ao câncer de mama no Nordeste brasileiro

OBJETIVO

O câncer de mama apresenta vários impactos psicológicos, físicos e socioeconômicos. No Nordeste brasileiro, tem altas taxas de mortalidade. O trabalho buscou analisar a influência do tempo de atuação e a qualificação profissional no enfrentamento do câncer de mama por profissionais da atenção primária à saúde da Região Nordeste brasileira, a partir da descrição do perfil dos profissionais respondentes da avaliação externa do Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB).

MÉTODOS

Foi realizado um estudo descritivo, de corte transversal, com base nos dados do segundo ciclo do PMAQ-AB. Foram analisados a profissão, tempo de atuação e qualificação dos respondentes do inquérito, além de dados relacionados à detecção precoce do câncer de mama.

RESULTADOS

Observou-se um perfil de profissionais, pós-graduados, com mais de 1 ano de atuação na equipe de atenção básica. Ainda, mostrou-se que 62,7% dos profissionais usam protocolo para estratificação de risco, 63,4% realizam busca ativa, mas 51,3% não possui o registro de mulheres elegíveis para mamografia.

CONCLUSÕES

Sobre o processo de trabalho das equipes de atenção primária no enfrentamento ao câncer de mama, o perfil da pesquisa revela uma maioria de profissionais que afirma realizar busca ativa para o câncer de mama, usar protocolos de estratificação de risco e registros de usuárias com mamografia alterada para outros pontos da rede, além de solicitar a mamografia na atenção primária. Por outro lado, a pesquisa evidencia ainda dificuldades no cumprimento de atribuições das equipes no âmbito da atenção básica relativas ao enfrentamento ao câncer de mama, bem como necessidades de fortalecimento da dimensão do cuidado integral e da organização da Rede de Atenção Oncológica na região, tendo a atenção primária como coordenadora do cuidado. Os esforços para as mudanças positivas da situação apresentada neste estudo devem ser de cunho social para a implementação das políticas de enfrentamento do câncer de mama. Nesse sentido, assume uma natureza cidadã e deve ser corresponsabilidade do setor saúde, representada pelos serviços e pela gestão.

PALAVRA CHAVE

Atenção Primária à Saúde; Acesso aos Serviços de Saúde; Regionalização.

Área

GINECOLOGIA - Atenção primária

Autores

HUMBERTO CABRAL DE OLIVEIRA FILHO, GERRY ALEX DE ARAÚJO MAIA, HERON ALVES VALE, EMILIE QUEIROGA QUEIROGA, LAURA ALICIA MORAIS LIMA OLIVEIRA, ELÍSIO BRITO DE MEDEIROS GALVAO, ANA CARINE ARRUDA ROLIM

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo