59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

ANÁLISE DO GRAU DE DUREZA E DA DOR MAMÁRIA DE PUÉRPERAS ACREANAS COM INGURGITAMENTO MAMÁRIO

OBJETIVO

O trabalho tem por objetivo avaliar o nível de dor no ingurgitamento mamário (IM) relatado pelas pacientes e o nível de ingurgitamento mamário detectado na avaliação. O estudo utilizou dois parâmetros: Escala Analógica Visual (EVA) e escala de ingurgitamento de seis pontos.

MÉTODOS

Este projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal do Acre, neste foram entrevistadas 48 puérperas, provenientes de parto vaginal ou cesáreo. A coleta de dados foi realizada na Maternidade de Rio Branco - Acre, através da EVA, relatada pela paciente, que tem intervalo de zero a dez. Sendo zero, ausência de dor e dez, uma dor insuportável. A escala de seis pontos foi avaliada pelos pesquisadores. Tal escala tem o intervalo de um a seis. Sendo que um consiste em uma mama macia sem alterações e seis uma mama muito dura e muito aumentada.

RESULTADOS

Os resultados mostraram que a média na Escala Visual Analógica de dor foi 6,03 pontos, já na Escala de ingurgitamento de seis pontos foi aferido em média 3,81 pontos.

CONCLUSÕES

Os dados do referido estudo possibilitaram uma melhor ciência sobre o grau de ingurgitamento mamário das participantes, assim como quantificar a dor mamária das das pacientes em processo de IM.

PALAVRA CHAVE

ingurgitamento mamário, grau de dureza, nível de dor, puérperas.

Área

GINECOLOGIA - Mastologia

Autores

Alice Poliana Souza da Silva, Thiago Martins de Almeida, Rafael Machado de Araújo, Ludmilla Carla de Castro Borges, Soraya Oliveira Moura, Luís Eduardo Maggi, Wagner Coelho de Albuquerque Pereira

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo