59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

PERFIL METABÓLICO E ANTROPOMÉTRICO DE MULHERES COM A SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS EM USO DE ANTICONCEPCIONAIS ANTIANDROGÊNICOS

OBJETIVO

Analisar e comparar os possíveis impactos nos perfis antropométricos, metabólicos e cardiovascular de mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) antes e após 06 meses de tratamento com anticoncepcional combinado oral (ACO), contendo Etinilestradiol(EE-0,035mg)+Ciproterona(2mg) ou Etinilestradiol(EE-0,035mg)+ Drospirenona(3mg)

MÉTODOS

Estudo observacional, prospectivo e analítico ((PIBIC/CNPq), aprovado pelo CEP da instituição, realizado em um hospital de ensino durante 01 ano. Foram selecionadas 40 mulheres de 18 a 40 anos com diagnóstico confirmado de SOP segundo os critérios de Rotterdam (2012) e com desejo de contracepção. As participantes após assinarem o TCLE foram sorteadas e divididas em dois grupos: Grupo 1 (20 mulheres) utilizaram ACO contendo EE(0,035mg) + Ciproterona(2mg), e o Grupo 2 (20 mulheres), usaram a outra combinação contendo EE(0,035mg) + Drospirenona(3mg). Foram excluídas 11 participantes do grupo 1 e 13 do Grupo 2 por apresentarem exames complementares incompletos, descontinuarem o tratamento ou o não retorno às consultas de controle. Utilizou-se os testes estatísticos t-Student e teste U de Mann-Whitney para análise dos dados, com o nível de 5% de significância. Todas as análises foram realizadas levando-se em conta o tipo de estudo e com auxílio do software R, versão 3.6.0.

RESULTADOS

Analisou-se os dados antropométricos e metabólicos das participantes do estudo antes do início da terapia com ACO e após 6 meses de uso. Os grupos 1 e 2 foram homogêneos no início da pesquisa. Houve redução estatisticamente significativa do IMC no grupo 2 e aumento significativo nos valores de HDL e de Colesterol Total no grupo 1. As outras variáveis avaliadas (cintura abdominal, cintura do quadril, pressão arterial, glicemia de jejum, HOMA-IR, Insulina basal e LDL) não apresentaram diferença estatisticamente significante.

CONCLUSÕES

As mulheres com SOP em tratamento com ACO contendo EE + Ciproterona melhoraram os níveis de colesterol total e HDL após 06 meses, enquanto o uso da preparação de ACO no mesmo período, contendo EE + Drospirenona reduziu o peso corporal (IMC), levando a crer que o uso de ACO nessas dosagens não causa danos adicionais no perfil metabólico, antropométrico e risco cardiovascular de mulheres com SOP, pelo menos se usado por até 6 meses. Não há superioridade clínica significativa do risco metabólico de uma combinação hormonal sobre a outra para o uso em pacientes com SOP.

PALAVRA CHAVE

Síndrome dos ovários policísticos; Síndrome metabólica; Anticoncepcional oral combinado; Ciproterona; Drospirenona.

Área

GINECOLOGIA - Endocrinologia Ginecológica

Autores

Beatriz Mendes de Araújo, Morgana Pinheiro Albuquerque, Ione Maria Ribeiro Soares Lopes

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo