59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

MOTIVOS E ANSEIOS PARA O NÃO USO DO COLETOR MENSTRUAL POR ESTUDANTES DE MEDICINA EM SERGIPE

OBJETIVO

Analisar os motivos e anseios envolvidos na não utilização do coletor menstrual por estudantes de medicina.

MÉTODOS

Realizou-se um estudo transversal, com delineamento descritivo. Os dados foram coletados através de aplicação de questionário a estudantes de medicina de uma universidade. Foram respondidas perguntas acerca do coletor menstrual, com as discentes que sabiam o que era o dispositivo sendo questionadas sobre os motivos de não utilizar. A coleta foi realizada entre os meses de novembro de 2019 e março de 2020. Foram elegíveis alunas de medicina que aceitaram se submeter à pesquisa mediante assinatura prévia do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Foram excluídas aquelas que tiveram questionários respondidos de forma incompleta ou que desistiram de participar da pesquisa. Os resultados foram descritos em frequências absolutas (número de estudantes) e relativas (percentuais).

RESULTADOS

Para este estudo participaram 155 alunas. Entretanto, 10 foram descartadas por não atenderem aos critérios de inclusão. Assim, a amostra final foi de 145 estudantes. Apenas 129 conheciam o coletor menstrual, sendo 117 (90,69%) estudantes que não o utilizam. Destas, 108 (92,3%) nunca usaram e afirmaram que os motivos eram, principalmente, o fato de não se sentirem seguras ou confortáveis com um objeto inserido na vagina. Outros motivos foram, em ordem decrescente: não acham prático, acham o preço inacessível e não sabem escolher o modelo adequado. Além disso, seis alunas não usam o coletor por associarem com o aparecimento de queixas ginecológicas e cinco por estarem em amenorreia induzida por hormônios. Quando essas 108 alunas foram questionadas sobre motivos que a levariam a iniciar ou retomar o uso do coletor menstrual, a principal resposta foi indicação ou concordância médica, citada 61 vezes. Em seguida, encontra-se praticidade (54 citações), sustentabilidade (51 citações), higiene (31 citações) e economia (30 citações). Das 9 (7,7%) que já utilizaram o coletor, mas não estão em uso atualmente, 6 relataram que interromperam o uso por dificuldade de adaptação, 2 por indução de amenorreia e 1 por surgimento de queixa ginecológica. Apenas uma delas usou o coletor sem entender o seu funcionamento.

CONCLUSÕES

O percentual de estudantes que não utilizam o coletor menstrual é grande, tendo como principal justificativa a falta de segurança ou conforto no uso do dispositivo. Entretanto, uma parte considerável utilizaria em caso de concordância médica.

PALAVRA CHAVE

Produtos de Higiene Menstrual; Menstruação; Estudantes de Medicina.

Área

GINECOLOGIA - Epidemiologia

Autores

Luiz Ricardo Gois Fontes, Rafaela Matos de Andrade, Yasmin Juliany de Souza Figueiredo, João Eduardo Andrade Tavares de Aguiar, Vitória Teles Apolônio Santos, Laís Baldin, Aline Rocha Aguiar, Júlia Maria Gonçalves Dias

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo