59º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

HIDROCELE DO CANAL DE NUCK: RELATO DE CASO

CONTEXTO

A hidrocele do canal de Nuck (HCN) é um defeito muito raro que ocorre em mulheres por uma falha no fechamento do processo vaginal, uma evaginação do peritônio semelhante a hidrocele masculina1.

DESCRIÇÃO DO(S) CASO(S) ou da SÉRIE DE CASOS

Paciente M.L.S., 54 anos, procurou atendimento médico devido a quadro de oligúria, edema em MMII e dor em região abdominopélvica, há aproximadamente 3 meses. Refere que aos 20 anos percebeu um aumento de volume em região de grande lábio direito, indolor, e com crescimento lento e progressivo, porém não procurou serviço de saúde na ocasião. Ao exame físico notou-se a presença de tumor de aproximadamente 7 centímetro de diâmetro, em grande lábio direito, doloroso a palpação, macio e flutuante, que não apresentava modificação de suas dimensões à manobra de Valsalva. Além disso, paciente apresentava dor em região hipogástrica, abaulamento suprapúbico e edema de MMII. Durante a investigação foram solicitados exames laboratoriais que evidenciaram uma alteração da função renal (Ur 190; Cr 3,5), e ressonância magnética (RM) de abdome total. Na RM evidenciou-se uma lesão cística alongada no canal inguinal, hipointensa nas imagens ponderadas em T1 e hiperintensa nas imagens ponderadas em T2; presença de bexiga com dimensões aumentadas e hidronefrose bilateral. Solicitou-se, então, avaliação e seguimento por serviço de urologia após tentativa de inserção de SVD sem sucesso, devido a estenose de uretra; bem como de nefrologia, sendo iniciado hemodiálise de imediato. Após 14 dias de internação, paciente foi abordada cirurgicamente pela urologia, onde visualizou-se uma lesão vegetante em uretra, próxima ao colo da bexiga, sendo realizada coleta de material da lesão com envio para a biópsia. Paciente continuou seguimento juntamente com serviço de urologia, adiando-se, portanto, possível conduta cirúrgica da HCN para segundo tempo.

COMENTÁRIOS

A HCN é uma patologia rara. Em geral, se manifesta com edema ou massa palpável na região inguino-labial1. Entretanto, é um achado comum a outras doenças mais prevalentes em mulheres, como, p. ex., hérnia, cisto de Bartholin, entre outros2,3. A ultrassonografia é o método de imagem de escolha para o diagnóstico, devido a superficialidade da lesão4, sendo capaz de estabelecer o diagnóstico definitivo em 100% dos casos de edema labial5. A remoção cirúrgica tem sido considerada o tratamento de escolha, e a excisão com hidracelectomia e fechamento do anel inguinal profundo por cirurgia aberta, o método usualmente aceito6.

PALAVRA CHAVE

Hidrocele de Nuck; Diverticulo de Nuck; Vulva

Área

GINECOLOGIA - Cirurgia Ginecológica

Autores

Thayslene de Carvalho Barbosa, Thiago Souza de Oliveira, Elaine Azevedo Soares Leal

Adicione na sua agenda: AppleGoogleOffice 365OutlookOutlook.comYahoo